Sistema de Avaliação – Sacramentinas – Colégio Nossa Senhora de Fátima – Vitória da Conquista – BA Sistema de Avaliação |
VITÓRIA DA CONQUISTA - BA
Modelo Pedagógico

Sistema de Avaliação

No processo avaliativo, os instrumentos serão elaborados de forma diversificada para que o aluno emita opiniões, levante hipóteses, critique, construa novos conceitos e busque novas informações. Para isso, eles deverão ser contextualizados e estar diretamente relacionados com o grau de abordagem dos conteúdos, em função dos objetos propostos.
Processo constante em busca do desenvolvimento do aluno, envolvendo conhecimento, atitude, comportamento e relacionamento.

O ano letivo será expresso em 3 unidades para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio, que será o resultado de, no mínimo três instrumentos, alternando trabalho individual e/ou em grupo, debate oral, prova escrita, dentre outros, e será expressa em notas de 0,0 a 10,0.
O cálculo da média final será efetuado conforme o seguinte esquema para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio:

informativo_2016-1

Será aprovado quanto ao aproveitamento, o aluno que, no final do ano letivo, totalizou 60 pontos, alcançando média igual ou superior a seis (6,0) em cada componente curricular, área de estudo ou atividade, com freqüência igual ou superior a 75%.
As avaliações serão realizadas nas datas previstas (inclusive aos sábados) no Calendário Escolar, divulgado nesse Informativo, pela Internet e por meio dos alunos.

IMPORTANTE: Informamos que na última unidade letiva não haverá 2ª chamada, nem Recuperação Paralela.

Na realização das avaliações

Recuperação Paralela

Os estudos de recuperação paralela realizar-se-ão no final das duas primeiras unidades para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. A recuperação paralela se destina aos alunos que não tiverem obtido média seis (6,0) na unidade. Cada aluno terá direito a fazer duas recuperações, prevalecendo a nota maior. O Colégio estabelecerá a taxa para a recuperação paralela a ser paga no ato da inscrição, seguindo o mesmo critério para a 2ª chamada. Fica explicitada a não obrigatoriedade de o aluno submeter-se à recuperação paralela. A recuperação paralela será aplicada no turno oposto às aulas. Informamos que na última unidade letiva não haverá Recuperação Paralela.

Segunda Chamada

É concedida 2ª chamada ao aluno que justificar falta a qualquer atividade avaliativa, mediante documento comprobatório de doença, luto ou motivo de força maior, no prazo de 72 horas.
A avaliação de 2ª chamada será aplicada ao final da unidade, com datas e horário marcados pela Coordenação, envolvendo todo o conteúdo abordado nesse período.
Ficam excluídas da 2ª chamada, as avaliações da última unidade, pelo espaço exíguo de tempo que antecede o resultado final e aos Estudos de Recuperação, conforme o Regimento Escolar
Para submeter-se à 2ª chamada de avaliação de aproveitamento escolar, o responsável pelo(a) aluno(a) deverá requerê-la, previamente, ao Estabelecimento e pagar antecipadamente a taxa referente a 10% da parcela vigente, conforme contrato de prestação de serviço assinado no ato da matrícula. A 2ª chamada será aplicada no turno oposto às aulas.

Recuperação Final

Os estudos de Recuperação Final realizar-se-ão após o encerramento das atividades pedagógicas desenvolvidas durante o ano letivo e se destinam aos alunos que não tiverem obtido média seis (6,0) no somatório das três unidades para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio, em cada componente curricular.
Será promovido para a série seguinte, o aluno que obtiver média cinco (5,0) em cada disciplina que se submeteu a estudos e provas da recuperação.
Nas disciplinas em que houver um número de dez (10) alunos ou menos, dependentes de Recuperação, esses alunos terão direito a duas orientações, sendo-lhes atribuída uma taxa referente ao valor de 2ª chamada de prova.
O Colégio estabelecerá a taxa para os Estudos de Recuperação, a ser paga no ato da inscrição, conforme dispõe o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, cláusula 16ª, parágrafo terceiro, inc. III, assinado no ato da matrícula.
O aluno que, por qualquer motivo, deixar de realizar alguma prova de recuperação, não poderá fazê-la em outro momento, visto que não há segunda chamada para qualquer modalidade de recuperação.